Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2011

Fast...

Não me lembro de comer tanta porcaria (entenda-se hambúrgueres, pizzas e comidas ensopadas em óleo) como desde que estou  nos arrabaldes da capital.
As análises clínicas não mentem e por mais que tente levar uma vida saudável há sempre um menu do Donald que estraga tudo o resto. Porque sim, porque é lá que toda a gente vai, porque é mais barato, porque é fast, porque combina com a pressa do dia-a-dia...

E foi assim...

Que às 00h15m do dia 21/02/2011 dou por concluido o pior trabalho dos últimos tempos: uma tese de mestrado com base num estudo de caso.
Volvidos 14 meses (mais coisa menos coisa) desde o dia em que comecei a alinhavar ideias tenho a sensação que foi um trabalho que se revelou pouco gratificante e está muito longe do rigor e do interesse científico e prático que sempre associei a este tipo de trabalhos.
Mas esforcei-me...e embora conheça todas as debilidades deste trabalho e reconhecendo que não traz contributo algum, fazê-lo permitiu-me reflectir sobre a organização onde passei muito tempo e onde depositei muita da minha energia...
E há aqui um pontinha (muito grande) de alívio....
E agora é esperar pelo dia em que vou ouvir a dissecação de todos os males...

Odisseia do Lar

Quase consigo falar fluentemente sobre circuitos hidráulicos e de gas. Já decorei as 30 páginas de instruções da caldeira de aquecimento. Ainda não sei onde estão localizadas metade das peças que o manual descreve. Não sei se hoje será possível tomar banho de uma forma normal.
Em contrapartida o forno ganhou vida e o disjuntor não disparou uma única vez o que prevê a possibilidade de assados. Entenda-se peixe assado.
O banho será irrelevante quando me esticar de papo para o ar no sofá.
Há fortes probabilidades do cheiro a comida passar para a roupa que permanece no estendal.
Prometi e vou cumprir...
Hoje janta-se!

Dos domingos...

Imagem
foto byflickr
Domingo. Nem "sim nem sopas". Nem fim de semana, nem semana. Meio termo. A minha simpatia pelos domingos nunca foi aqui declarada e haverá excepções?
Hoje o tempo resolveu-me o dilema que horas antes me fazia pensar enquanto esperava pelo sono: devo fazer os trabalhos que estão pendentes ou agarrar na mochila e ir por aí no dolce fare niente que depois me vai assolar a consciência?
A chuva a cântaros decidiu pela versão pijama all day, aquecimento no máximo, chá a rodos e comer biscoitos equanto contribuo para a ciência de forma tão efusiva que não se via nada assim desde Darwin.

Obrigada

Imagem
Obrigada Google.
Por isto, hoje.

Por uns breves minutos esqueci as contas, as cartas, os ficheiros...
Por uns minutos tentei lembrar-me das músicas do Vitinho...
Não consegui mas tenho uma imagem "fofinha" deste bonequinho...

Voyage

Imagem
foto by Flickr
"This was a voyage to test the human condition - of the world´s people as we met them, and of ourselves as we managed our life at sea together. The spirit of adventure, the complexities of the world, and the courage of the world´s people, ourselves included, taught us how to live day by day. The sailing was the thread, the fabric was the world, and the colors were the people. The journey was everything"

in Always Another Horizon, Tina Olton


Cheguei ao fim do livro e as últimas páginas  foram comoventes. Há sempre um fim, que no final de contas, é sempre o início de algo.