Mensagens

A mostrar mensagens de Junho, 2009

Do ser...

Imagem
Há dias cinzentões em que o infinito se atravessa no nosso olhar...com dúvidas, com hesitações, sem uma pontinha de garra e sem um único sorriso que nos lembre a alegria do Ser.

De quatro patas...

É bom saber que existem vizinhos canídeos...que a avaliar pelas pegadas devem ser da família dos dinossauros...
Oh God...

Já faltou mais...

Aqui estou eu, finalmente esticada no sofá e a pensar que já faltou mais para que se termine esta correria, estas velocidades malucas na estrada, a pressa de chegar, as apresentações de trabalhos ensaiadas enquanto se conduz, a vontade de fazer o melhor que podemos, porque sempre foi esse o nosso princípio. Já faltou mais para que, pelo menos durante alguns meses possamos estar mais tranquilos e seja possível arejar um pouco a cabeça. No fundo, ja concluí que isto não me serve para nada...é tudo muito bonito mas na prática não é bem assim... E aqueles que me conhecem sabem que eu vivo para ocupar o tempo, caso contrário este rouba-me vida...uma vida parada, sem objectivos, sem metas, sem prazos a cumprir e sem algum stress à mistura.

Agueda-Braga-Aveiro-Águeda...foi este o percurso e amanha espera-me um longo dia e é por isso que já devia estar na caminha. Mas eu ainda nem sequer jantei!!!
E que bem me cheirou a área da restauração no shooping em Aveiro, mas de facto, comprar a prendin…

3º dia...

Ter uma cadeira de esplanada ou de jardim, verde e de plástico, no quarto não é para todos...é para quem não tem outra!
Desmontar estantes metálicas com várias prateleiras e milhentos parafusos é fácil...montar outra vez é uma ciência!

2º dia...

Pedia o favor que os vizinhos usassem desodorizante...pelo menos quando usam o elevador!
Os vidros nas portas interiores ficam muito bem...mas dão trabalho!
A tv não deve recuperar da queda...de 3 canais passei a ter zero!
Será possível que se desenvolvam laços afectivos, tão significativos, com os tachos (do tempo dos Afonsinhos) que me impeçam de os deitar fora?
Tento afastar a ideia de comprar uma lata de tinta, um rolo e massa para as fissuras...é que de certezinha que vai dar asneira!!!

1º dia

A máquina funciona...
Cortei um dedo...
O chão estava limpo...os vidros nem por isso...
Caí ao limpar o candeeiro...
Os caixotes continuam vazios...

Por aqui ou por ali?

Imagem
Estou indecisa...na passeata...



ou

Há dias assim...

As roupas apertadas, o suor a colar, a coluna torta, as dores de barriga, o pensamento na praia, ou na esplanada com a água fresca...
Tudo não passou da realidade de um sábado passado num shooping enfadonho, onde só quem não conhece os benefícios da praia é que por lá passeava, ou passava o tempo. Esses e nós, que por obrigação temos que nos reunir para trabalhar...Ainda bem que não existem bibliotecas decentes abertas ao sábado, porque na verdade estamos a contribuir para um estudo científico grandioso que irá testar a hipótese de que, aqueles que trabalham em ambientes mais ruidosos, claustrofóbicos e com muita distração pelo meio (e idas ao gelado e às pipocas) são os que melhores resultados apresentam.
De resto, um final de dia onde revi muitos amigos e percebi que não consigo estar muito longe das "causas" que sempre acarinhei. Estou ansiosa por regressar e ter o meu tempo para dar ao tempo dos outros.
Há dias assim...embora testem a nossa resistência, ofereçam um pontinh…

Pimba Sound

Alguém me cale o grupo musical que toca a 100m da minha casa, please?
Hoje é segunda feira...mas que raio de arraial é este? Provavelmente restos de St. António...
Mas já incomoda, porque tento concentrar-me nas minhas escritas e é cá com um rol de musiquinhas e já cantarolei quase todas... primeiro rosna-se mas depois entra-se na onda, que eu também sou menina de dar um pézinho de dança ao som destes ritmos a que apelidam de pimba.
E já passa da meia noite e a batida do grupo de baile mantém-se...e logo veêm os foguetes...mas esses, se forem como os de ontem não prestam, parecem bombinhas de carnaval.
Esta gente não sabe o que são arraiais, nem festas, nem romarias...
isso tudo, é no Minho, ah pois é!!!

Cabaninhas, Mixões da Serra

Imagem
Segue-se em direcção a Terras de Bouro e depois não sei muito bem por onde se chega a este paraíso, entre vales recortados que têm os pássaros e o riacho como som de fundo.
A casa fica isolada, junto a uma pequena estrada que liga povoações esquecidas, paradas no tempo, onde não se respiram preocupações.
Um sossego profundo, uma partilha com a natureza inesquecível, apenas rasgado pelas gargalhadas e conversas do grupo que tem nestas paragens uns dias para descansar, aproveitar para pôr trabalhos em dia, ver filmes, caminhar e simplesmente não fazer nada. E não há tédio que se atravessa na beleza deste lugar.
É a segunda vez que venho cá e cada vez mais gosto deste lugar, pela tranquilidade que nos dá.
Hoje acabam-se os dias de chinelos de dedo no pé...








Em repouso...

No meio de um verde impressionante e numa casa estupenda vivo horas de descanso e boa disposição.
Para quem vive habitualmente só, este "Big Brother" do "dolce fare niente" é bom...muito bom.

A Pipoca mais doce...

Imagem
* É esta...

Para tudo há solução...

Sou um verdadeiro cromo...
Primeiro porque me levanto às 06h30 da manhã, quando a loja sueca de Matosinhos só abre às 09h00 e depois porque não penso nos pormenores necessários no que toca à compra e transporte de mobília.
Uma coisa é certa, a loja está bem arrumadinha, os suecos pensam em tudo e até me fizeram queimar muitas calorias. É que ninguém pense que transportar mesas, secretárias e estantes sozinha é tarefa fácil. De todo!! Suei que me fartei!
Mas, compras feitas o pior estava para vir porque não me passou pela cabeça que a tralha adquirida não coubesse na mala do carro!
E não é que não cabia mesmo!! À tampa da mesa de cozinha faltava um "bocadinho assim" que, por sinal, fazia toda a diferença para fechar a mala. Depois de ficar colada à mala do carro, a suar em bica e a olhar em volta prestes a pedir socorro, ("mandei-me um camião"), pensei que para tudo há solução. Assim se costuma dizer e ali, naquele caso, a solução era deixar o tampo da mesa (até proque …

all night

Hoje vai ser uma noitada à maneira...
Está tudo a postos...
Falta a vontade para resumir estas teorias...
onde estavam os autores com a cabeça quando escreveram tanta coisa?
Olhem, eu estou com a minha no "paraíso"...sim, a pensar no paraíso...

que por sinal tem uma mesa de ping-pong!!!

É oficial Parte II...

Imagem
Foi entrar na loja, fazer pim pam pum e já está!
Sem perceber muitos de máquinas fotográficas, sobre as características e os detalhes preciosos, decidi-me por uma...
e agora vou procurar dar-lhe muito uso! *(ainda não sei para que servem 1/3 das funcionalidades que tem, mas...)

Só falta comprar a mala nova e ter alguns tustos no bolso...e lá vou eu!


*Rio Cávado, junto às piscinas de Esposende.


** Marina de Esposende...quer dizer isto é um projecto de marina!!



***vista do lado do farol, em Esposende. Zona muito procurada para a pesca!

Coisas do Caraças...

Eu, pela manhã, pensar que canto afinada ao som das músicas que vão passando na rádio, durante o pequeno percurso até ao trabalho.
Toda a gente sabe que de manhã nem todos os "botões" estão ligados, por isso há-de haver algum relacionado com a percepção musical, harmónica e melódica que insiste em mandar mensagens erradas ao cérebro.
É muito preocupante começar o dia, nesta idiotice pegada de..."eu até canto bem".

Feliz

Fiquei feliz por isto.

Um obrigado...

Há uns meses atrás virei "acessora de imprensa" e recebo quantidades significativas de emails, com a mais variada informação, desde notícias estranhas, informação confidencial, comunicados sobre política, sobre as eleições e pedidos de divulgação de manifestações.
Bem...eu até gosto de estar bem informada, mas não a este ponto de saber tudo e mais alguma coisa acerca das Câmaras Municipais das redondezas, bem como dos candidatos que se demitem, dos eventuais que se irão propôr, de acidentes que acontecem, de foguetes que rebentam nas festas e romarias e provocam feridos, de contas por pagar, investimentos mal feitos, etc, etc.
E a todos estes emails (que leio com cuidado, pois claro!) eu respondo sempre no sentido de alertar os remetentes para o facto de se terem enganado no endereço electrónico do jornalista e mandarem tudo para alguém, que nada tem a ver com todos esses assuntos. Tento responder o mais rápido possível, de forma a que as pessoas não fiquem lesadas nos seus ob…

Estou a...

Imagem
* curtir o sabor de morango-framboesa!

É oficial...

Imagem
É já tido como um fenómeno sazonal na minha vida...

Outra vez...

Insónias...
Daquelas em que não conseguimos dormir, mas também não conseguimos trabalhar...
Pensamos em tudo e muito raramente em alguma coisa útil...
Falo por mim...
Se fosse a debitar agora mesmo todos os pensamentos e sensações seria um chorrilho de coisas que qualquer pessoa normal que o lesse não teria dúvidas de me apelidar doente...
Não vos condeno...
Nem aos que me fazem pensar estas coisas...
Porque para tudo há uma razão...