Mensagens

A mostrar mensagens de Março, 2015

O mar

Imagem
Não está aqui. Mas consigo ver para além daqueles edifícios e daquele rosa alaranjado no horizonte um sol que beija o horizonte enquanto sacudo a areia dos pés. Mesmo em frente ao mar. Numa praia. Em Esposende, em Sintra, Cascais, no Alentejo ou no Algarve. Em todas as minhas praias.
Os domingos nunca foram fáceis, ou porque sempre me impuseram distâncias, fazer km´s até outro lugar, ou porque o stress do trabalho começa a corroer.
Hoje não foi fácil não ter o mar por perto, essa imensidão de água que, mesmo sem me dar respostas é dos melhores ouvintes do mundo.

Aos 33

Sonho com uma casa com jardim e um pinheiro manso. Não é uma piscina. É um pinheiro manso como existe em todas aquelas casas que conheço e que sempre me suscitaram mistério, curiosidade e uma sensação de que escondem interiores de conforto. As casas dos pinhais, casas de praia, à beira mar ou à beira rio.
Vejo-as na foz do Rio Neiva, no pinhal de Ofir ou na marginal de Esposende, no caminho para a praia das maçãs em Sintra e em tantos outros sítios que já visitei.
Não é pelas casas, é pelo pinheiro manso que me transmite longevidade, serenidade e robustez.  E é isso que quero para os meus 33 e para a minha vida também.