Mensagens

A mostrar mensagens de Julho, 2009

Next...

E pronto, agora que saiu a última nota do mestrado já posso pensar na etapa seguinte...
Uma coisa de cada vez, porque a cabeça tem limites...
Obrigada a todos que não ouviram falar de mais nada durante um ano e tiveram paciência para suportar isso...aguardem um pouco mais porque ainda falta um ano...

Borboleta...no corredor!

Imagem
A semana ainda só começou hoje e bem podia já estar a terminar...
Em boa verdade estou morta de sono, mas continuo a pensar nas férias...e na Borboleta que ficou a apanhar pó em Esposende...coitadinha...Vai ficar bem melhor aqui no corredor do pequeno T1...sim, porque quem tem uma cadeira de esplanada no quarto, bem pode ter a bicicleta arrumada no corredor!!
E que boas pedaladas que dei no fim de semana! Fui até ao Rio e até à praia. Ao rio Neiva, onde outrora se tomavam bons banhos, embora agora a água seja muito suja. O Rio Neiva, onde experimentei algumas habilidades da canoagem e onde tem um sítio maravilhoso, a capela de S. Tecla, com uma sombra fenomenal para se ficar ali a ouvir o som da levada a correr e dos gritos da canalha da vizinha freguesia de Catelo do Neiva, a mandarem-se para a água.
Em cada lugar meu, há lugares assim!

**Foz do Rio Cávado, em Esposende.


**Capela de S. Tecla, em S. Paio de Antas, essa bela localidade :)


**Rio Neiva, vista junto à capelinha de S. Tecla.


**Ca…

Planning...

Por agora pensa-se em férias...e parece que nunca estiveram tão longe!
Eu precisava de ler um pouco no tempo que vou ter livre, organizar ideias e começar a pensar no estudo, mas adivinham-se tempos difíceis, verdadeiramente ociosos, em que as caminhadas serão o único esforço a fazer.
E penso em tudo para aproveitar cada bocadinho e já só me lembro de dormir um pouco mais. Eu sei que o tempo vai voar e quando der por mim estou a escrever aqui um post pachorrento, triste e enfadonho sobre as minhas férias. Por isso gostava de ter alguma coisa mais ou menos planeada, mas não me apetece fazer grandes planos...Aliás, na primeira tentativa a pensar nas ocupações de uma semana verifiquei que o belo programa saíria mais caro do que se reservasse uma viagem à Madeira...sim...porque tudo gira em torno da porcaria do dinheiro, essa coisa que inventaram logo a seguir ao trabalho e que só nos dá chatices...quer se tenha ou se sinta a falta dele.
Já só me lembro de pegar no LeLe e ir sem destino e pa…

I can Fly...

Imagem
**Já só falta o tão sonhado salto em páraquedas...mas a avaliar pela forma como as pernas me tremeram no "slide"...

Da Lerdice, das línguas estrangeiras, da passeata e da falta de orientação...

Que eu só irei falar bem o inglês,ou qualquer outra língua estrangeira depois de viver sozinha, pelo menos 2 anos fora das fronteiras deste rico Portugal, já eu sabia.
Agora...que gastei uma pipa de massa num curso de inglês para nem saber dar uma indicação de uma estrada... isso, já se chama lerdice.
E foi isso que aconteceu depois de decidir dar a minha primeira passeata desde que mudei de casa. Ia eu rua abaixo e vinham duas jovens simpáticas, de mapa na mão, direitinhas a mim...e eu pensei logo...pronto, já vais fazer vergonhas.
Queriam ir para Valongo do Vouga..e pior do que não estar a conseguir dizer-lhes como ir estava absolutamente desorientada, no que toca à localização dessa freguesia.
Ia eu no meu espírito de caminhada e elas também, de mochila às costas e tudo, falam-me em Valongo e eu indico-lhes o autocarro. Quando me disseram que iam a pé para Santiago de Compostela pensei que, afinal de contas, a lerdice é a dobrar!

Da TV, do serão, do agregado familiar e da gripe...

A minha Siera (TV) está louca...
eu juro que só queria ver as notícias porque nem ando a par das novelas e das séries televisivas...mas imagens nem vê-las!
É isso e outras notícias...ora vêem, ora desaparecem...
Mas a respeito da TV ninguém imagina (ou quase ninguém), o tão bom que é ouvir vozes cá em casa. Ouvir vozes no bom sentido, porque se começar a ouvir das "outras", nosso senhor nos livre... de falar com mais alguém para além da máquina de lavar, da Mimi, do Compy e...ups esqueci-me do nome do outro membro da família. Bem... não será grave dado que o pobre se encontra amarfanhado em cima da cadeira do quarto (sim, a tal que é de plástico e de jardim) e por lá vive os seus dias a acumular pó.
E eu vivo outros serões...sem a pressa de me sentar a esta mesa e escrevinhar teorias e frases bonitas que envolvam chavões. É certo que a pausa não será grande e é bom que meta pés ao caminho ainda antes do fim das férias.
Férias...que complicação...ainda não vão ser estas as férias …

Pensamento do final do dia...

Não sei bem o que pensar relativamente a algumas situações que surgem do nada, desprovidas de qualquer sentido e absolutamente inesperadas e espontâneas...e que me deixam num limbo entre a dúvida e a certeza...
Dúvida de se alguma vez serei capaz de não abrir frestas a devaneios alheios e a certeza que vou sempre embater na desilusão.

Não sei bem o que isto (pensamento) é mas tenho a certeza que também é um pouquinho de falta de sono e uma dor muscular terrível na perna esquerda que, até ao momento, não sei explicar de onde veio...mas quer-me parecer que se tratam das varizes...

Oficialmente...

Acho que já posso dizer que estou livre de trabalhos académicos e de estudo para testes ou exames...
Acho que sim...
Só se algum cataclismo destruidor fizer com que chumbe às unidades curriculares que ainda não obtive avaliação...
O último trabalho está aqui, acabadinho de imprimir, fresquinho e com referências bibliográficas que metem medo...
Mas está feito...custa-me dizer isto porque gosto de coisas perfeitas, mesmo que nunca as tenha, gosto de sentir que dei o litro por aquele trabalho e tentei o melhor.
Neste e em alguns outros trabalhos que fiz este ano, não dei o melhor, dei o possível...e tenho consciência que havia trabalhos fraquinhos para o nível de exigência que gosto de procurar.
Mas confesso que este último custou, assim como custou a semana passada estudar para mais um teste...
Acho que esta semana não tenho dormido mais de 3h30m...por diversas razões...e outras questões de trabalho afligem-me cada vez mais...
Mas quanto a isto está feito e parece-me que o ano escolar correu b…

Dúvida...

Que credibilidade poderá ter uma referência bibliográfica, de seu nome Luminita Vochita, num trabalho académico?

Seguramente nenhuma...é que com um nome destes quem quer saber o que a senhora (presumo eu) argumentou...

Curtas...

Um fim de semana de excessos, que a muito se assemelha a um tractor que nos passa por cima e nos deixa em muito mau estado, a juntar a um início de semana com uma carga nervosa e emocional medonha...

é um poderoso mix capaz de arruinar qualquer um...

Eu já só queria 8h de sono bem dormido... pode ser?

The final countdown

* no carro e de vidros bem abertos...

A pensar...

...Na "shopping list"...


- CD Quarteto Vintage (deve estar fenomenal!!)

- Livro "Juntos temos poder", de Pedro Miguel Rocha (de certeza um bom livro e uma boa causa).

- Candeeiro de pé...não vejo nada na sala.

- Cadeira de baloiço...o raio do puff é pequeno!

- Kit Férias (desconhecidas) = bikini novo tamanho 46 (por causa das dúvidas e das surpresas e para que evite investimentos anuais em duas tiras de pano que utilizo 2 a 3 vezes); protector solar factor 60 ( e factor contra o frio e a chuva que se vai fazer sentir); pára vento (com reforço de arame, por causa das nortadas); bicicleta (ha um ano para ser comprada e não sei se será desta); toalha de praia (insisto em usar uma com tamanho para criança, onde fico com os joelhos na areia).

-Conjunto de tintas (para o meu negócio que está para arrancar há meses, mas como percebo pouco da arte, está difícil)**

- Um telemóvel...mas nada de chulices de trocas de pontos...e só quero um que faça aquilo que este já não consegue: e…

Mimo Antecipado...

E é tão bom sair à rua, só para arejar as poucas ideias que sobram e, talvez, interiorizar as palavras novas...ou não. Ir só por sair um pouco, porque existe civilização à volta e sinto que mesmo na insegurança o medo é menor.
E sentar na esplanada, beber o café e voltar...

Verbo quê?

"Aquilatar"...

Palavra nova...mas que me fez lembrar a cidade Italiana engolida pelo sismo.

Nunca pior...