Mensagens

A mostrar mensagens de Novembro, 2013

Hoje

Imagem
O sol de Cascais, mais camisola de gola alta, mais corrida não combinam.


De Lisboa... ou de coisas que eu não fazia e agora faço

Andar de taxi em Lisboa.
E ter a "sorte" de apanhar um Moldavo que ainda conhecia menos que eu mas que acelerava mais na estrada que o Vettel.

Decisões

Que semana!
Eu nunca fui à Walt Disney mas esta semana tive a sensação que andei numa montanha russa. Tomei decisões, desfiz decisões e continuo à procura de alternativas.
Pesei todos os prós e contras da minha ida para o Alentejo e, mal ou bem, decidi ficar. Com muita esperança que o destino me reserve algo diferente.


Sericá ou Sericaia

A receita é Alentejana e pouco importa a designação porque é aquele sabor único a canela, misturado com a ameixa. Este fim de semana foram três e pesa-me mais na consciência a decisão que tenho que tomar por estes dias do que propriamente as calorias que ingeri em dois dias de boa comida por Vila Viçosa, Juromenha, Elvas e Estremoz.
É irónico ir passear para o Alentejo a dias de me decidir ir viver e trabalhar para lá. E fazê-lo quando estamos num grupo onde quase toda a gente é da opinião que viver no Alentejo é um tédio, um afastamento da vida interessante (seja lá o que isso for). E eu olho à volta para a paisagem, para os negócios audazes de turismo rural, para a tranquilidade, para as pequenas povoações onde ainda existem pessoas e penso que o slogan que escolheram para promover o turismo soa bem "Tempo para ser feliz".
E a ser verdade, que venha depressa esse tempo.

Pensamento do final do dia...

Até a Popota está mais magra.

Da vida

Tomar decisões nem sempre é fácil, principalmente quando envolvem uma mudança para o desconhecido.
Quando temos de sair da zona de conforto, quando a todo o carrocel de fixação num sítio volta ao princípio. Estarei preparada? Tivesse eu respostas para tudo, conseguisse eu trazer o futuro até hoje e voltar a colocá-lo lá longe.
Hoje pouco ou nada dormi e tenho a minha vida presa por três dias. Pegar ou largar. Mudar ou acomodar.Partir ou ficar. É o mesmo país mas realidades tão diferentes.

O pão de ló

Escrevo enquanto no forno cozem uns biscoitos de chocolate com avelãs. Estes passsatempos criados no trabalho exigem alguma criatividade no que toca a levar doces para partilhar com os colegas e eu, ao nível de habilidades culinárias, aplico-me mas nem sempre o resultado é positivo.
Faço isto numa altura em que tenho de repensar muito bem a minha alimentação. Este fim de semana o diálogo com o médico não me sai da cabeça quando ele, com uma expressão de espanto e de admiração, me disse que engordar 5,5kg num ano é "muito pão de ló"!!! Mas os registos dele estavam lá e a balança, ali mesmo, sem qualquer engano.
E pão de ló nem é o meu doce favorito porque é assim para o seco e eu gosto de coisas com substância.
A ver como saem os biscoitos que, em boa parte, levaram ingredientes a "olho" e eu nunca fui boa a medir quantidades.

Foi assim

Imagem
No intervalo da chuva, nos dias em que tentei ouvir mais do que as minhas dúvidas e os meus medos, nos dias em que tentei afastar-me das derrotas que têm sido mais que muitas.

Lost

Imagem