Mensagens

A mostrar mensagens de Dezembro, 2007

Banalidades Insulares

Imagem
Adoro aeroportos. O movimento da chegada e da partida das pessoas sempre me fizeram imaginar quais os destinos das pessoas e o quanto se viaja de avião.Mera curiosidade, ou diria, fascínio.
O voo estava marcado para as 18h40 e foi dentro do tempo que passamos todo o regulamento de chek in e de embarque. Destino: S. Miguel, Açores. A Ana Maria para um regresso e eu para uma curta visita.
O "Pico", assim estava baptizado o avião, era, segundo a Ana Maria, demasiado pequeno mas, na minha opinião, o suficiente grande para nos presentear com a emoção de subir bem alto e deixar para trás os inúmeros pontos de luz e perder-se nas nuvens.
E chegamos à ilha,bonita como sempre, uma verdadeira princesa do Mar.

Azores

Azores

Imagem
Nos próximos dias o meu olhar será sobre o verde da ilha de S. Miguel...
o azul do mar, as encostas envoltas em mantos de nevoeiro, os miradouros com vistas sobre escarpas verdejantes, os sucalcos da terra verde onde pastam as vaquinhas, a imensidão do mar que beija a terra em cada segundo, as cascatas, as lagoas...

O tempo...

Tenho colocado a leitura em dia. Pelo menos isso tenho feito. Fui-me perdendo nas páginas do livro que durante meses esteve à cabeceira, ora lembrado, ora esquecido.
Durante estas férias foi quase impossível largá-lo, a história foi aguçando a curiosidade e já posso embarcar noutra história, acompanhar outros personagens.
Da "Sombra do Vento" sublinhei o seguinte:

"O tempo passa tanto mais depressa quanto mais vazio está. As vidas sem significado passam de largo como comboios que não param na estação."

Banalidades Doces

Imagem
Gosto muito de chocolate e por estes dias é quase impossível resistir ao apelo dos diversos tipos de chocolate empilhados em qualquer supermercado.Das diferentes marcas, sabores e texturas há um chocolate que gosto particularmente e ao qual não resisto, não apenas pela bolinha de chocolate negro e avelãs, mas pela surpresa que contém.
O delicioso "Baci ou Bacio", embrulha em si o doce do chocolate e as pequeninas mensagens, frases célebres ou provérbios.
Ainda há dias, numa daquelas arrumações que se encontra tudo e mais alguma coisa menos aquilo que procuramos, entre bilhetes de avião, moradas esquecidas, contas, postais, os pequenos bilhetes de papel vegetal apareceram, com mensagens que em tempos guardei com afecto, juntamente com todas as outras pequenas coisas que guardo sempre, com receio de que não volte aos lugares, que a memória me pregue partidas e as recordações se dissolvam nas pressas do dia-a-dia.
Recordo Perugia, com um nevoeiro intenso, a visita ao forte e ao c…

Música Fora D'Horas

Dream...

Fora D'Horas e...Boas Festas

Imagem
Entre orações, memorandus, anotações, fiabilidades e validades de testes psicológicos, quadros teóricos, uma música de fundo...não tenho sono.
Penso em tudo e em nada e na hora avançada.
Leio os meus emails e o do Pedro Tochas é divertido, passo a citar uma parte do email:

"Boas festas

Boas festas

E digo mais uma vez:

BOAS FESTAS

Adoro esta expressão: Boas festas

É simples: duas palavras somente.

Mas mais importante: é abrangente e não discriminatória.

Passo a explicar:
Numa sociedade que está a ficar muito sensível em termos religiosos e não só, desejar coisas como Feliz Natal pode ofender muita gente.
Há pessoas que respondem logo:
Essa não é a minha religião;
Não festejo o Natal;
Desculpe, mas não acredito nessas coisas;
Ou ainda: eu só festejo os golos do meu clube e da selecção nacional.

Logo, desejar coisas como Feliz Natal pode ofender, chocar, ou ainda pior: fazer equipas perderem campeonatos.
Acho que ninguém se esquece do EURO 2004, não é??

Dai a importância de uma expressão como esta, qu…

Um dia...

E porque já vivemos em vésperas de Natal e nos preparamos para celebrar essa data antecipo aquilo que ano após ano se repete.
Na noite de Natal, desde pequenina, que tenho por hábito pensar naquilo que muitas outras famílias estarão a fazer. É uma sensação estranha porque penso naquilo que estarão a fazer, o que estarão a conversar...
Sempre idealizei o Natal de uma maneira especial e espero um dia vivê-lo assim, como sempre o imaginei...num verdadeiro espírito de comunhão.

Revisão do DSM

Hoje fazes anos e continuo a lembrar-me...
Trata-se do síndrome paranóide da estupidez aguda...o facto de continuar a lembrar-me! Só isso explica o facto de já me ter esquecido de datas de pessoas que merecem bem mais.

Tate Modern

Imagem
Londres: uma galeria de arte, um artista (Salcedo), uma obra de arte (uma fenda no chão)...RESULTADO: acidentes, feridos, polémica.

Por cá: arte urbana e rural...nas estradas pois claro! Passamos das fendas aos buracos e às crateras (ex. estrada nacional entre Aveiro e Águeda)...RESULTADO: suspensão do carro nas horas da morte, acidentes e discursos políticos acentuados na hora das promessas.

Por cá não precisamos de "instalações complexas" e "obras de arte" de vanguardistas, já temos o suficiente!

Avaliação de Desempenho

Imagem
Ando há imenso tempo a tentar inspirar-me,a pesquisar nos manuais e a tentar inovar no desenvolvimento e/ou aperfeiçoamento de um modelo de avaliação de desempenho que me permita fazer uma primeira aplicação. Pretendo, acima de tudo determinar se, realmente, é possivel avaliar a diferença do desejado para o obtido. Mas primeiro é necessário objectivar o que realmente é desejado, quais os objectivos que a organização se propõe e depois avaliar. Mas mais complexo do que avaliar processos é avaliar pessoas e, muita vezes, com uma profunda subjectividade diluída nos preciosismos dos diferentes métodos de avaliação.
A avaliação do desempenho é uma ferramenta cada vez mais usada na Gestão de Recursos Humanos, e por estes dias fiquei a saber que até no Vaticano se preparam para validar a medida. Pelos vistos o braço direito do Papa, propôs que o ordenado dos funcionários do Vaticano (cerca de 2600euros) passe a ter em conta factores como dedicação, profissionalismo, produtividade e simpatia (…