Mensagens

A mostrar mensagens de Agosto, 2007

É...

É terrivelmente impressionante como já estou em processo de "evitamento".
Voltar para mim é...terrivelmente assustador.

Faz de conta

Faz de conta que estou de férias e que não posso publicar "banalidades"...
porque ando ocupada com as idas à praia, os passeios de bicicleta,os gelados, a esplanada, a leitura em dia, as noitadas, as caminhadas, ir aqui e acolá, o "dolce fare niente", ir às compras, ir às festas e romarias e comer pipocas, ver os grupos de Baile e as pessoas a dançar,ir a S.João D'Arga a pé, jantar fora e almoçar tardiamente, ter concerto no fim de semana e saber que na 2ª feira posso descansar, comprar uma pulseira de misangas que simbolize o verão, fazer pic nics, sair sem ter horas para voltar, andar no meio das verduras pela manhã, comer maças e pêras do quintal, ouvir as cigarras à noite...
Faz de conta...Faz de conta, porque mesmo de férias não faria metade disto e por isso tenho saudades.

Branca, mais branca não há.

Percorro as ruas a saborear o corneto de chocolate. Cheira a férias. As esplanadas cheias, os passeios, as pessoas bronzeadas.
E dou comigo a pensar que, no dia em que for à praia para estender a toalha, caminhar junto á água, dar uns mergulhos no mar, e sentir o vento que vem do mar...sim, nesse dia...Provavelmente o que irá acontecer é um eclipse total do sol.

Bem me quer, mal me quer...

Preciso de um reparador intensivo e hidratante para a amizade.
Assim como muitas vezes podemos ser desilusão ou desapontamento para os outros, o inverso pode sempre acontecer. E, na maior parte das vezes, não estamos preparados para isso.
E por mais interrogações se coloquem, não conseguimos ter as respostas necessárias que aconcheguem e sosseguem o coração.
E há o afastamento, a indiferença, a não partilha, prevê-se a sinceridade e questiona-se a verdade.
E deixamos de saber quem nos quer bem, ou então "bem me quer, mal me quer", uns dias bem, outros dias mal.
Se assim for detesto os dias "mal me quer".

Contrariedades...

Hoje a casa está demasiado quente, o quarto,a cozinha...na varanda sente-se o bafio que relembra que é verão...
A sala está demasiado quente e eu demasiado fria.

Em mudanças...

"Todas as previsões se enganam, tal é uma das raras certezas dadas ao homem".