Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2006

O fim de semana!!

O meu fim de semana foi demasiado calmo para o que tem sido hábito. Fiquei por Águeda e soube bem estar em casa enterrada no sofá a ler e a ver televisão. Ainda houve tempo para umas "habilidades" na cozinha (não sairam nada mal) e um passeio improvisado depois de ter saído para carregar o telemóvel. Apesar do mau tempo foi bom andar a passear e a ver as poucas montras da cidade (que é mais pequena do que a minha própria cidade). Tal e qual os típicos "tugas" saí à rua de fato de treino (que ainda ostentava algumas nódoas da minha estadia na cozinha), e assim fui desentorpecer as pernas. Tentei-me abstrair de tudo e não pensar que é domingo e que ando sozinha por um mundo que não parece ser o meu. Mas acima de tudo, descansei e preparei-me para mais uma semana de trabalho (que espero sempre que seja a última neste sístio onde estou).

Nem quero acreditar!!!

É verdade, nem quero acreditar no que me disseram esta sexta-feira. Estava eu muito descansada numa orientation session, no centro de Inglês quando a professora me surpreendeu e me deixou num verdadeiro estado de alerta. Já não é a primeira vez que isto acontece, mas desta vez foi flagrante. Então a dita professora, (da minha idade ou pouco mais velha do que eu), explicava-me como eu poderia estudar Inglês através da Internet. E para tal eu iria precisar de determinadas características no meu computador...ora eu como não sou nehuma expert na matéria, quando ela me interrogou sobre algumas funcionalidades "xpto" do meu computador eu fiquei a "ver navios", e foi aí que ela teve a infeliz ideia de me perguntar o seguinte: "Então e não tem filhos que a possam ajudar a ver isso no seu computador?" Ora aqui a terra tremeu e eu entrei numa espécie de "coma" do qual não ia saindo nas horas seguintes. Depreendi, daquela pergunta, que a Srª. Professora est…

I like it!

Não falei contigo
com medo que os montes e vales que me achas
caíssem a teus pés...
Acredito e entendo
que a estabilidade lógica
de quem não quer explodir
faça bem ao escudo que és...
Saudade é o ar
que vou sugando e aceitando
como fruto de Verão
nos jardins do teu beijo...
Mas sinto que sabes que sentes também
que num dia maior serás trapézio sem rede
a pairar sobre o mundo
e tudo o que vejo...
É que hoje acordei e lembrei-me
que sou mago feiticeiro
Que a minha bola de cristal é folha de papel
E nela te pinto nua, nua
numa chama minha e tua.
numa chama minha e tua.
Desconfio que ainda não reparaste
que o teu destino foi inventado
por gira-discos estragados
aos quais te vais moldando...
E todo o teu planeamento estratégico
de sincronização do coração
são leis como paredes e tetos
cujos vidros vais pisando...
Anseio o dia em que acordares
por cima de todos os teus números
raízes quadradas de somas subtraídas
sempre com a mesma solução...
Podias deixar de fazer da vida
um ciclo vicioso
harmonioso ao teu gesto mimado
e à p…

Vou ser uma "Chef"!!!

Pois é, para todos os interessados e para os que não se interessam, eu vou-me dedicar à cozinha, à culinária e aos tachos. Acabaram-se as receitas de sobrevivência (omoletes) e vou passar a cozinhar pratos elaborados, para os quais é necessário estar de livro de receitas à frente. Pronto, é claro que uma vez por outra farei o tradicional Bacalhau com couves e batatas cozidas! Estou farta de não saber cozinhar nada de jeito e por isso nada melhor que aprender às minhas custas e sempre posso cozinhar e se não ficar comestivel dou aos gatos do prédio (acho que nem esses lhe vão pegar). Por isso já estou a mudar e é sempre bom mudar para melhor! Já deixei de comprar tantas porcarias como comprava e comecei a trazer arroz para casa e outras coisas para cozinhar. Claro que nestas andanças é sempre bom aprender a confeccionar um pouco de tudo, desde pratos de peixe , carne e claro as maravilhosas sobremesas e é, precisamente por aí, que eu vou começar já neste fim de semana. Vou fazer Natas do Cé…

Há dias assim!

Há dias que me vêm à memória pessoas, amigos, colegas ou conhecidos que passaram pela minha vida e que agora já não fazem parte dela. Quer dizer irão sempre fazer parte da minha vida porque, em determinado momento, contribuiram para a minha existência, cruzaram-se no meu caminho. Será que me vou lembrar sempre dessas pessoas? Será que um dia as voltarei a ver? Como podem as coisas mudar tanto? Ainda há tempos relia uns postais de aniversário escritos por alguém que durante , pelo menos 5 anos, partilhei tudo e mais alguma coisa, e agora tudo o que lá está escrito não faz sentido nenhum. E pior...não queria que voltasse a fazer sentido! É tão triste que essa suposta amizade tomasse o rumo que tomou. Mas a vida é assim, de repente as personagens principais saem de cena com uma rapidez inexplicável. E acredito que o nosso "guião" já está escrito há muito, mas a ser assim, não poderia ser de outra forma? É que agora resta uma sensação de vazio e preferia ter tido, outrora, momento…

Mas Porquê?

Porque é que as coisas, os acontecimentos, as mudanças ocorrem com um determinado sentido? Porque é que sempre que expomos a nossa opinião, julgam-nos e interpretam-nos com maldade e no mau sentido? Porque é que os amigos ou "os que dizem que são" mandam bocas foleiras que não gostamos de ouvir porque carregam frieza e estupidez? Porque é que valorizamos tanto o que às vezes não deve ser valorizado? Porque é que abdicamos de coisas que gostamos por outras que não mereciam sequer segundos da nosssa atenção? Porque é que insistimos em gostar de pessoas que nos dão com os pés? Porque é que temos tantos "árbitros" e "juízes de linha" nas nossas vidas? Porque é que arriscamos tanto a receber o "cartão vermelho"? Porque é que investimos em momentos que não mereciam investimento algum? Porque é que existem amigos que "dizem que estão sempre do outro lado" e na verdade sabemos que nem 1 segundo perdem para pensar em nós? Porque é que tenho que ser sempr…

Baiona 2006

Imagem
Olha para eles tão bonitos que estão!! Foi numa de muitas caminhadas até à cidade para passear, fazer compras, etc..Da esquerda para a direita Miss Cathy (palavar de ordem era "abajo"); Mister Paulo (um dos gémeos...sim porque nós podíamos fazer das férias uns Morangos com Açucar, tinhamos uma SurTenda e tudo e em vez de 2 gémeas tínhamos 2 gémeos); depois temos o Mister Paulo Jorge ou melhor Mister Mau humor:) e depois a Miss Ana Maria!



Ainda bem que não focaram muito a foto senão seria visível um pote de banha ambulante! Isto é que foi uma tarde nas gaivotas e a dar mergulhos no mar...apesar de termos os veleiro atracado no porto preferimos alugar as gaivotas!!


Que verdadeiro postal...de beldades:) Ah malucos!!!

Isto já foi no últmimo dia, quando o meu carro decidiu dar o ar da sua graça e fazer birra para não voltar a Portugal. Fizemos de tudo para ele andar e demos um belo espectáculo pelo parque, para o qual ninguém precisou de pagar para ver: Como pôr um carro a trabalhar …

Baiona 2006

Imagem
OTiago já estava a experimentar como ia ser dormir numa tenda tão pequena com mais duas pessoas (ainda por cima rapazes!).


A Sara e o Luis todos contentes com a sua tenda nova que mais terda viria a ser o alvo preferencial dos pássaros:) A disposição das tendas também obedeceu a uma regra: "casados" para um lado e "solteiros/Ramadão" para outro. Aliás, em tudo esta divisão se fez notar: nos jogos de volei, na preparação dos almoços e jantares e diga-se, o Ramadão ganhou sempre!!


A princípio a Sara não atinava com a bomba do ar e passou cerca de 15m a dar à bomba para o "boneco"...é o que dá o material não trazer livros de instruções.


Que fatiota tão gira...e não era Carnaval olha se fosse!!Nem assim o velho do vizinho percebeu que ia ter uma semana "de puta madre" com uns vizinhos como nós!


Já fazias uma plástica!!!! Mas infelizmente não existem vagas na Corporacion Dermostética.

Baiona 2006

Imagem
Dia 28 de Agosto de 2006 pelas 7h30 da matina já estava quase tudo a postos...encontrámo-nos junto à Casa da Música de Antas (é sempre no mesmo sítio). Entre conversas acerca da "jornada musical" do dia anterior e umas piadas já se previa que as férias iriam começar bem e divertidas.


Já no Camping de Baiona Playa esperava-nos o trabalho de montar as tendas e tudo o resto...confesso que tive que me preparar para estas férias...já não fazia campismo a algum tempo e com este pessoal esperava-se tudo. A pesar de termos um vizinho que não se revelou nada simpático desde o primeiro instante que pisamos o solo junto à tenda dele, a logística do nosso "estendal" correu pelo melhor! Tinhamos cozinha e sala de estar improvisados e pormenores que nunca me lembraria deles para uma semana de campismo à séria. O que vale é que fui com um grupo "batido" nestas andanças!



Nestas coisas o importante é colaborar!

Eu e a Cathy na preparação da nossa "suite"...a dar …

O Regresso

O regresso fez-se breve...Os dias galoparam até ao último domingo como que teimando em trazerem-me de volta à velha rotina enervante. E parece que nos sacos e na tralha toda, embalei uma boa dose de cansaço, desmotivação e apatia. Deveria ser o contrário não acham? As férias deveriam trazernos energias positivas e renovadoras para os tempos que se seguem. Isso aconteceu enquanto aproveitei os dias de sol, as jantaradas com os amigos (sim...estou num estado lastimável!), as saídas com a Banda, a praia, o campo...Tudo! Mas o alento vivido nesses dias esvai-se, agora, como quem esvazia uma bola ou um colchão de praia. Por cá não existem novidades e a minha chegada a Águeda só me arrancou um sorriso no momento em que vi o meu velho tapete na porta....é verdade estava lá novamente, também ele voltou, não sei se contrariado ou não mas está de volta. Depois de mil e um planos de férias falhados relembro agora as 3 semanas, que apesar de muito breves, devem ter rejuvenescido as minhas células o …