Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2009

Pára(va) o país?

Ano após ano é impossível não postar sobre o Festival Eurovisão da Canção...
A começar pelas músicas, pelos intérpretes e o grandioso júri (de ouvidos de pedra) que seleccionou algumas das aberrações já conhecidas da praça, fazem um todo capaz de provocar maior suspense do que um filme de terror...
Acho que a única coisa que se aproveita é a apresentadora da TV...
É por isso que vou esperar pelo alternativo!!!

De certeza que há muita boa gente anónima, com boas vozes e com competência para fazer boa figura...e escolhem-me meninas de cilicone e pimbalhonas de minisaia?
Poupem-nos...
E em tempos este programa parava o país...

Vidas...do caraças!

Ir almoçar a casa permite-me, no mínimo, engolir uma sopa e ver a desgraça dos outros na TV...sim...deve ser duro chamar-se "Carlos Ribeiro" e fazer um programa de nome "Fátima".

Pôr a mexer...

Está um dia maravilhoso...umas cores, um sol...
Ora vamos lá pôr isto a mexer e começar com a nova campanha de turismo...
É já hoje...Bragança aqui vamos nós!
A máquina fotográfica, essa continua à espera numa prateleira qualquer para que eu me decida a comprá-la. Não, não tenho qualquer tipo de crença que no futuro irão ser oferecidas máquinas digitais nas embalagens de shampoo. De facto, não acredito nisso, mas são tão caras que não me atrevo a comprar uma!
De maneira que será sobre a objectiva dos meus olhos (já não ensonados, espero eu!) que vou fotografar o que de bom esta cidade tem para se ver!

Carnaval

Não vejo porque não...
Os homens vestirem collants, pintarem os lábios e as mulheres comprarem kimonos nos trezentos...
As crianças berrarem por um fato de super-homem, aparecerem em casa com a cara pintada de marcador e não quererem tirar as fatiotas durante as próximas semanas...
Concursos de máscaras e prémios para os mais originais (aproveitem que no dia a dia não há direito a prémios)!
Não vejo porque não...gastar milhões em carros alegóricos de esferovite, tradições importadas de bundas a abanar, em pleno Fevereiro, e ritmos assamabados de gentes que nem o folclore sabe dançar...
Não vejo porque não...desfiles medonhos com a farra suficiente, onde será o único momento em que se vai gozar com a "crise"...
E virão à baila as polémicas, as grandes sátiras, as personagens do momento e as caricaturas de sempre...
Não vejo porque não, ver os políticos (de gesso) empoleirados em camiões, com os reis da festa (pagos a peso de ouro) a abrirem o cortejo...
Não vejo porque não...já me di…

Conselho para mulheres...

Para todas as mulheres que gostem (de vez em quando, muitas vezes, raramente, quase sempre, pontualmente ou com a frequência que quiserem) de comer uma boa dose de fast food, num qualquer shopping onde a oferta passa pelos hamburgers, batatas com sal (que dava para salgar um porco), loja de gelados e coca cola a rodo....nunca, mas nunca comam sentadas de frente para os plasmas que se erguem pelo espaço que vos rodeia.
Na maoria das vezes os programas são MTV´s, ,MCM´S e outros afins em que vão aparecer as rainhas da Pop e outras boazudas que tal, a dançarem em trajes reduzidos e abanar as mamocas em coreografias brutais! Ora isto no meio de um Hamburguer é quase como que um murro no estômago...um "espera lá, não comas esta porcaria, olha para ali que performance"...
E fica-se em estado letárgico só com os dentes a trabalhar e a pensar, a pensar se havemos de comer mais 2000 calorias...

Um Portugal maior...

Depois do "vá para fora cá dentro", vem um "descubra um Portugal maior"...
Estou plenamente de acordo...
Um Portugal maior que, sempre que nos permitimos visitar e percorrer, descobrimos que é maior em estradas miseráveis, buracos por todo o lado e remendos e mais remendos...
E eu continuo a pôr a economia a "mexer", porque sempre que ando por algumas estradas que fazem parte dos meus roteiros habituais eu estou a contribuir para o negócio das oficinas de mecânica-auto.
Depois, há também, um "Portugal maior" em rotundas que não lembram o diabo...em sinalização provisória que deixa de o ser quando já faz parte do cenário há mais de um ano...
Um "Portugal maior" nas tampas de saneamento que ainda estou para perceber, ao nível da engenharia, qual é a dificuldade de as colocar devidamente...
Um "Portugal maior" em que os turistas que vêem de fora é que são bons clientes porque nós, no fim de contas, somos uma cambada de tesos que não t…

O (fim) próximo...

Cada vez que abro esta página pergunto o porquê de a manter, de a compor com pequenos nadas...
Percebo que venho cá, não porque esteja determinada a escrever alguma coisa que valha dois minutos do tempo de algum anónimo, de um amigo ou de um simples conhecido...
Venho porque tenho os "outros" alojados aqui...os "outros" que tal como eu não escrevem...quase todos...
Também vou perdendo aquilo que nunca tive... uma escrita coerente, com palavras que sorvam inteligência, sentido, humor, conteúdo, sensações, emoções...
Não posso fazer críticas económicas, sociais e políticas porque sou muito "pequenina" para o fazer, não estou informada o suficiente para saber mais do que "vivemos em crise" e o " Sá Leão roda novo filme pornográfico"...
Não tenho argumentos cultos sobre cinema, porque a última vez que fui ao cinema foi "à pato", com bilhetes pagos pelo "banco", de maneira que tive a capacidade de estoirar os bilhetes em film…

Peligrosas...

Imagem
** Peligrosas e chatas...

Sortes, Azares & Superstições

Pergunta do dia:

"De que nos serve vestirmos cuecas azul-bébe na passagem do ano?"

Duo

MARGO & ALEX DHAMEN DUO

Jazz, Bossanova entre outros...

No próximo domingo, Mentes Raras Caffé...talvez o início de um espírito diferente!!