Mensagens

A mostrar mensagens de Setembro, 2009

Caos Absoluto

Passaram apenas duas semanas e isso bastou para que o caos se apoderasse de tudo.
Inevitavelmente dou por mim na resignação total!

Vidas do Caraças

Há pessoas com uma infindável coragem, sentido positivo, energia e força para dar a volta em situações que a vida lhe prega partidas tão grandes que o mundo dá mil cambalhotas e volta ao início.
No meio de tudo ainda demonstram uma calma e serenidade estonteantes e afagam as tristezas dos outros. Persistem nos mais altos valores da amizade, do sentido de família e profissionalmente são exímios e lutadores.
A sua simplicidade toca-nos e o sorriso faz-nos viver melhor.
Mas a minha admiração não é suficiente...infelizmente!

Advice

Hoje recebi um SMS do remetente DGS que suponho ser "Direcção Geral de Saúde" avisando-me que, com sintomas de gripe, eu devo ficar em casa e ligar o nº 808 24 24 24 ou contactar o meu médico. Eu até ligava se eles dessem prémios...uma coisa é ligar para a "Arvore das Patacas" ou para o "Toca a ganhar" outra coisa é ligar para a linha Saúde 24.

E se eu ligar será que me atendem "Saúde, diga..." É que cada vez que ligo para a Segurança Social de Aveiro atendem-me "Doença, diga...! Ai isso não é aqui, vou passar à colega....passam 2 faixas do Vivaldi e depois ouve-se "Incapacidades, diga...". Ora esta-se mesmo a ver que por lá é só desgraças!!!

Depois o SMS dizia para eu reforçar as medidas de higiene e evitar contagiar os outros. O quê?? contagiar só se for de mau humor ou algo do género...

Bem...mas não vejo nada contra mandarem SMS às pessoas...o Sócrates até podia apoiar esta medida e desenvolver uma campanha do género daquela do …

5 segundos...

Hoje já dei o ar da minha graça...
Eu bem digo que eleições à porta provocam as mais profundas alterações. Vai desde a inauguração de monumentos reles até à melhoria das estradas e alteração da sinalização.
Pois bem...a minha rotina vai alterar porque a sinalização à minha porta, o sentido de circulação e afins também mudaram...e para pior, julgo eu!
Mas como no primeiro dia deve haver sempre um desconto espero que os meus 5 segundos em contramão não tenham provocado o pânico nem a angústia nos palermas que assistiam impávidos e serenos, nomeadamente, os besuntos que andavam a pintar a estrada e nem se preocuparam em sinalizar os trabalhos como deve ser.
A única palerma aqui devia ser eu, que não vi umas letras garrafais a dizer BUS e me meti por onde não devia. Mas há que doar um pouco da nossa estupidez, falta de atenção e facilitismo...
A verdade é que aquilo que eu fazia em menos de 1 minuto agora vou demorar bem mais, porque ao sair do espaço de estacionamento privado da minha casi…

Pensamento do dia...

"O homem é uma corda estendida entre o animal e o super-humano".

(Nietzsche)

Não está fácil...

Acordar com uma música do Tony Carreira e saber que me vou deitar a cantarolar a mesma não tem sido fácil de gerir, mas...estou disposta a fazer psicoterapia!!!!

A galeria...

Cheguei há minutos...
Fui comprar um livro e trouxe dois e ainda me queriam impingir o cartão de cliente...Não fui capaz...a conta que paguei dava para comer durante um mês e pagar as minhas viagens ao Norte.
Ninguém imagina o prazer que me dá comprar um livro. Mesmo que nunca o venha a ler.
Acho, e posso dizê-lo, que é um luxo que tenho. Dos poucos...
E depois ainda dei um salto ao meu café preferido...porque bebo lá o melhor chá do mundo...pronto, é igual a tantos outros, mas sabe-me bem...mais ainda quando ainda podemos espreitar algum tipo de arte...hoje bebi o chá a olhar para um quadro com latas de atum cravadas na tela e pintadas de várias cores...interessante.
E mais interessante é ver Santa Clara com luz....o espaço envolvente está lindo, pena eu ter deixado a máquina em casa.
E foi bom estar ali 15 minutos, eu e a solidão, a sorver uma vida de saudade e lamentar outra tanta de tristeza...porque vivi ali bons momentos com pessoas que nunca mais vi, com as quais nunca mais falei...…

Não ser...

Quem me dera voltar à inocência
Das coisas brutas, sãs, inanimadas,
Despir o vão orgulho, a incoerência:
- Mantos rotos de estátuas mutiladas!

Ah! Arrancar às carnes laceradas
Seu mísero segredo de consciência!
Ah! Poder ser apenas florescência
De astros em puras noites deslumbradas!

Ser nostálgico choupo ao entardecer,
De ramos graves, plácidos, absortos
Na mágica tarefa de viver!

Ser haste, seiva, ramaria inquieta,
Erguer ao sol o coração dos mortos
Na urna de oiro de uma flor aberta!...

(Florbela Espanca)

Hoje...Agora...

Domingo, noite dentro.
Só agora me apercebo que ainda tenho os óculos de sol na cabeça desde que saí para comprar fruta (desculpa esfarrapada e idiota, porque vim carregadinha de pães de leite e doce de framboesa e um pacotito de bolachas)...
Prefiro andar nervosa, preocupada mas sem apetite, do que me permitir a comer carradas de porcaria quando o único esforço físico que fiz durante 2 dias foi descer as escadas para esvaziar o lixo no ecoponto.

Porque hoje é domingo é dia de dizer que não gosto do Domingo. Acho que nunca gostei. Mas desde que tenho ficado o fim de semana agarrada ao trabalho não tenho experimentado essa sensação de "partir para mais uma semana,deixando uma sensação de vazio suspensa em cada Km que faço, ou para baixo ou para cima".
Há pouco falava com a amiga que está longe...tenho de ligar às pessoas, saber como elas estão, dar voz de mim e ouvir os outros. E é bom saber que há quem rema contra outras marés e procura ventos de felicidade. É bom sabê-lo e é …

Estou...

Imagem
Na verdade, estou com muita preguiça, uma dor de estômago horrível e com voos sucessivos para lugares verdes, com sol e bonitos!






Transições??

"Todo o progresso é precário..."

Do futuro...

Imagem
Porque nunca sabemos o que o futuro nos reserva...

A viagem de todos nós

Imagem
Começa assim:
"Sempre acabamos por chegar aonde nos esperam"

Li o livro nas férias* e fica seguramente na minha memória esta magnifíca história do Salomão que vai de Lisboa à Áustria. Uma história inventada pelo autor com base no facto histórico: a oferta de um elefante por parte de D. João III ao seu primo, o Duque Maximiliano da Áustria. É é fabuloso lermos o livro e imaginarmos o pobre do elefante a cruzar terra e mar para morrer dois anos depois de ter chegado ao seu destino. Morreu e utilzaram as patas que outrora percorreram Km para adornar a entrada de um qualquer edifício.

E é notável podermos pensar nesta metáfora da vida...
Porque podemos ser tudo, andar Km, subir montanhas, desafiar tempestades, que acabamos na mesma, de forma humilhante, tal e qual o elefante.


*Obrigada T. pela dica da reportagem acerca do livro. A curiosidade levou-me a comprá-lo e é, de facto, um bom livro!

Ground Zero

Há qualquer coisa de "Ground Zero" na minha dispensa...e que vai precisar de uma intervenção urgente amanhã. Eu só queria forças para começar já hoje...
O estado da dispensa é semelhante ao da minha cabeça...mas, ainda assim com menos lixo e confusão.

Da ausência...

A sensação é terrível...
É como uma dor de estômago que nos mói...
É dizer que está tudo bem quando não está...
É rir quando só apetece chorar e fechar a porta e desistir de nós e dos outros...
É tentar compreender os outros quando na verdade não percebemos de que tanto se queixam quando a vida, para eles, não é assim tão filha da mãe...
É não nos percebermos a nós próprios, ao que queremos afinal, ao que projectamos, ao que queremos ser, o que fomos e o que pensamos ser...
É fazermos de conta que estamos ali quando não estamos, quando afinal de contas nem sequer ouvimos o que nos dizem...
É sonhar apegados a uma realidade cujo velcro são as responsabilidades, o trabalho, a rotina estúpida e fria de bons momentos...
É sermos nós sem saber quem somos afinal...
É existir numa ausência...

2005-2009

A 09-09-2009 decidiu fechar para sempre a sua luzinha azul e levar consigo uma série de números que, confesso, alguns nem sabia de quem eram.
Apagou-se o meu telemóvel, depois de uma vida cheia de resistências: as quedas, os banhos na taça do leite com chocolate...tudo menos cair na sanita.
E eu que nunca comprei um telemóvel (se bem me lembro) vou começar a pensar nisso porque prefiro pagar por um novo do que trocar 2000 pontos na TMN ou ir aos chineses ver se encontro bateria compativel para este. 1º porque a TMN não pensa que me "dá" telemóveis por 2000euros com o seu sistema de pontos e 2º porque não quero ir aos chineses porque ainda caio na tentação dos quadros pisc-pisca.
Já perdi a conta aos telemóveis que tive, sempre dos mais rasca possível mas este foi o que mais tempo durou, mesmo quando dizia cobras e lagartos do seu funcionamento.

Big conclusão

Tenho uma relação de amor e ódio com o pão com manteiga.

Está o dia ganho?

Sexta-Feira, 20h00.
Talvez o meu cabelho molhado, o ar de quem quer chegar depressa ao destino que me é familiar e a frescura do meu "Kenzo" lhe tenha despertado a sensação de que eu tinha acabado um dia de trabalho e lhe pedia 20 euros de gasóleo com a maior das vontades de voar dali.
-Está o dia ganho? - perguntava.
Como poderei saber? Respondi-lhe que se chegasse viva ao destino teria sim, o dia ganho.
Porque às vezes basta-nos respirar para ser suficiente a nossa existência...Porque tudo o resto não vale mais nada.

Pensamento do dia...

(...)Tal como originalmente definida por Platão, sabedoria é a atitude de saber o que se sabe, sabendo também o que não se sabe"

(Pfeffer)