Faz de conta

Faz de conta que estou de férias e que não posso publicar "banalidades"...
porque ando ocupada com as idas à praia, os passeios de bicicleta,os gelados, a esplanada, a leitura em dia, as noitadas, as caminhadas, ir aqui e acolá, o "dolce fare niente", ir às compras, ir às festas e romarias e comer pipocas, ver os grupos de Baile e as pessoas a dançar,ir a S.João D'Arga a pé, jantar fora e almoçar tardiamente, ter concerto no fim de semana e saber que na 2ª feira posso descansar, comprar uma pulseira de misangas que simbolize o verão, fazer pic nics, sair sem ter horas para voltar, andar no meio das verduras pela manhã, comer maças e pêras do quintal, ouvir as cigarras à noite...
Faz de conta...Faz de conta, porque mesmo de férias não faria metade disto e por isso tenho saudades.

Comentários

  1. E então se decidisse fazê-lo na integra e ainda mais? Que ancora é essa afinal que não pode ser abandonada lá nas profundezas?
    No reino do faz de conta as personagens não envelhecem, o avô e a menina são sempre iguais, desde que me lembro... nós porém, não fomos brindados com este dom!
    A vida tem um potencial de beleza tão grande que é um crime não fazermos de cada dia um dia memorável para o nosso espirito.
    Coragem!

    ResponderEliminar

Enviar um comentário