Há dias assim!

Há dias que me vêm à memória pessoas, amigos, colegas ou conhecidos que passaram pela minha vida e que agora já não fazem parte dela. Quer dizer irão sempre fazer parte da minha vida porque, em determinado momento, contribuiram para a minha existência, cruzaram-se no meu caminho.
Será que me vou lembrar sempre dessas pessoas? Será que um dia as voltarei a ver?
Como podem as coisas mudar tanto?
Ainda há tempos relia uns postais de aniversário escritos por alguém que durante , pelo menos 5 anos, partilhei tudo e mais alguma coisa, e agora tudo o que lá está escrito não faz sentido nenhum. E pior...não queria que voltasse a fazer sentido!
É tão triste que essa suposta amizade tomasse o rumo que tomou.
Mas a vida é assim, de repente as personagens principais saem de cena com uma rapidez inexplicável.
E acredito que o nosso "guião" já está escrito há muito, mas a ser assim, não poderia ser de outra forma? É que agora resta uma sensação de vazio e preferia ter tido, outrora, momentos menos preenchidos e agora continuar na mesma.
Há dias assim! Em que todos decidem passear-se pela minha memória, fazem por lá uma festa e no fim deixam tudo numa lástima, numa desarrumação total!
Há dias que me fazem lembrar outros dias...uns piores, outros melhores!

Mensagens populares deste blogue

Do mar de Santa Cruz, com Berlim no pensamento

O senhor Rui

O dia de hoje naquele outro dia