Et voilà...

Eu não disse que vinha o Euro e a crise aliviava?
Já não há conjuntura internacional que supere a euforia do euro e dos emigrantes na Suiça...
Para mim há...quando penso nas viagens do fim de semana, no gasóleo, nas portagens...
E pior que isto será depois se as expectativas forem defraudadas, se todos chorarem os euros que investiram em cahecóis, Dvd´s e bandeiras...depois virá a verdadeira crise...a crise da boa disposição, dos sorrisos, da simpatia, do optimismo, da força, da garra...
Essa é uma crise mais cruel...mais subtil...

Comentários