Rentrée

É sempre "indegesto" sabermos que alguém não nos "grama"...que "tiramos do sério alguém"...
Que nos julgam, emitem opiniões e explodem atitudes na presença do maior nº de pessoas possível, para que possamos virar uns vermes, pessoas más, quando na verdade nos esforçamos pelo melhor, tentamos a via do diálogo e, do outro lado, existem apenas complicações desnecessárias,que bem poderiam ser evitadas com bom senso e comportamentos mais adultos.
É impressionante o poder das palavras, nas horas em que são proferidas...é tremendo o eco que fazem sentir dentro de nós...e é gigante a revolta que sinto sabendo que não me consigo desligar do que os outros pensam, e imagino que pensem que sou eu a "dona e senhora" de algumas decisões...mesmo que isso seja uma mísera tarde de trabalho, algures antes dos festejos de Natal. Pode ser só imaginação, mas sinto-o nas pessoas.
Morram os imbecis...incluindo eu!

Comentários