Sete palmos de Terra

Quando ela chega é sempre pior...aperta-se-nos o coração e ficamos ainda mais pequeninos...pensamos naqueles que gostamos, nos que sofrem, nos que partem e nos que ficam.
Revivemos momentos, passagens, episódios de uma existência que não é perene, que termina num sopro e que nos faz pensar o que acontecerá a partir daí...a sete palmos de terra!
Damos voltas e voltas, mas vem-nos sempre à ideia que a nossa passagem é curta, que mudamos de acto mais rápido do que esperaríamos...
Quando ela vem faz-se acompanhar do medo, da tristeza, da dor...


Descansa em paz!

Comentários

  1. "Une nouvelle vie:

    Pour nous, partir, c'est en fait juste vivre autrement...
    Nous ne voulons pas devenir riche et célèbre, nous ne voulons pas nous enfermer dans le quotidien de la vie occidentale, nous voulons cesser de consommer à tout va...c'est pourquoi ce voyage nous correspond.
    Vivre ensemble, travailler pour le nécessaire, partager avec les peuples rencontrés, profiter de la vie tout simplement!"

    Uns partem com a morte, outros morrem na partida. Neste caso,Florent deixou-nos para sempre depois de um sequestro quando navegava ao largo da Somália, na sua viagem de sonho.
    28 anos, um filho de 3 e uma mulher que amava muito...

    http://tanit.over-blog.fr/

    ResponderEliminar

Enviar um comentário