Da ausência...

A sensação é terrível...
É como uma dor de estômago que nos mói...
É dizer que está tudo bem quando não está...
É rir quando só apetece chorar e fechar a porta e desistir de nós e dos outros...
É tentar compreender os outros quando na verdade não percebemos de que tanto se queixam quando a vida, para eles, não é assim tão filha da mãe...
É não nos percebermos a nós próprios, ao que queremos afinal, ao que projectamos, ao que queremos ser, o que fomos e o que pensamos ser...
É fazermos de conta que estamos ali quando não estamos, quando afinal de contas nem sequer ouvimos o que nos dizem...
É sonhar apegados a uma realidade cujo velcro são as responsabilidades, o trabalho, a rotina estúpida e fria de bons momentos...
É sermos nós sem saber quem somos afinal...
É existir numa ausência...

Comentários