Está o dia ganho?

Sexta-Feira, 20h00.
Talvez o meu cabelho molhado, o ar de quem quer chegar depressa ao destino que me é familiar e a frescura do meu "Kenzo" lhe tenha despertado a sensação de que eu tinha acabado um dia de trabalho e lhe pedia 20 euros de gasóleo com a maior das vontades de voar dali.
-Está o dia ganho? - perguntava.
Como poderei saber? Respondi-lhe que se chegasse viva ao destino teria sim, o dia ganho.
Porque às vezes basta-nos respirar para ser suficiente a nossa existência...Porque tudo o resto não vale mais nada.

Comentários