Janeiras

Hoje temos música...
Afinadinhas (e bêbadas) que elas estão...
E sai o bando de saltos altos (mas porque é que o elevador ainda não funciona?)...
Ide e vinde só às 09h00 da amanhã...

"Vamos cantar as janeiras
Vamos cantar as janeiras
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas solteiras

Vamos cantar orvalhadas
Vamos cantar orvalhadas
Por esses quintais adentro vamos
Às raparigas casadas

Vira o vento e muda a sorte
Vira o vento e muda a sorte
Por aqueles olivais perdidos
Foi-se embora o vento norte

Muita neve cai na serra
Muita neve cai na serra
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem tem saudades da terra

Quem tem a candeia acesa
Quem tem a candeia acesa
Rabanadas pão e vinho novo
Matava a fome à pobreza

Já nos cansa esta lonjura
Já nos cansa esta lonjura
Só se lembra dos caminhos velhos
Quem anda à noite à ventura"

Letra e música: Zeca Afonso in Cantares de Andarilho *

**Versão aqui do prédio: só a 1ª quadra.

Comentários

  1. Por falar em Janeiras (ou Reis).


    Concerto de Reis

    Concerto de Reis, na Igreja Paroquial de Nossa Senhora da Hora, dia 08 de Janeiro, pelas 21h30.

    Coral da Bicas Senhora da Hora, Associação Cultural

    Coral da Senhora da Hora

    Coral da Amizade do Rotary Club da Senhora da Hora

    Academia de Música de Oliveira de Azeméis



    - Entrada livre

    ResponderEliminar

Enviar um comentário