Inspira-te!

"De boas intenções está o inferno cheio".
E eu estou lá de certeza...
Queques de pêra e gengibre...
A intenção era gastar as pêras que se estão a estragar...
Gastei as pêras mas os queques nem prová-los...
E é aqui que entra a regra nº 500.000.000 do meu book de culinária: quando dizem forminhas de papel é forminhas de papel que se devem utilizar.
Que não tenho ponta de jeito para a culinária já se sabe, mas há que contestar muitas coisas.
Primeiro, as doses que vêm nas receitas são desconformes com as medidas que utilizo. Caso contrário, a colher de sopa de gengibre que utilizei deve ser bem maior do que a colher de sopa mencionada na receita. Cheira a Índia cá em casa!
Depois, as receitas na Internet costumam ter três pontos importantes: tempo de execução, dificuldade e custo. Ora quando dizem dificuldade mínima devem estar a pensar que sou o Olivier. Quanto ao tempo os 20m cá em casa são sempre 60. Deve ser do forno!
Por último, isto de cozinhar devia ser relaxante mas quando se tentam fazer contas matemáticas à pressa e esperando que a massa não perca qualidades enquanto tentamos medir 80g de margarina líquida é tudo menos um exercício zen.
Zangas à parte, vou experimentando!

Comentários

  1. É carnaval ninguém leva a mal.

    N.Meira

    ResponderEliminar

Enviar um comentário