Lua

A caminho do quarto crescente, de tons alaranjados, recortada sem qualquer tipo de névoa assim se põe a Lua de hoje, fazendo com que a imagine vista do cimo de um monte, da praia ou de qualquer lugar onde possa sorver estas cores, estas formas...
Pena não haver foto, mas estava linda, sendo possível ignorá-la, antes desejando ficar mais perto, ainda mais perto...

Mensagens populares deste blogue

Do mar de Santa Cruz, com Berlim no pensamento

O senhor Rui

O dia de hoje naquele outro dia