Diesel

Eu sempre tive algumas teorias acerca das bombas de gasolina, sobre as máquinas de abastecimento, sobre as mangueiras e sobre a parametrização desses objectos que ultimamente nos mostram números horrendos.
Há pouco, quando parei novamente na bomba de gasolina, deparei-me com a certeza que irei enlouquecer em torno das minhas teorias.
E juntei um novo facto aos dados de que já dispunha: vai ser possível fazer amizades com os colaboradores das gasolineiras, tantas serão as vezes que precisarei de abastecer o LéLé.
Para quando o metro para a Serra de Sintra?

Mensagens populares deste blogue

O senhor Rui

O dia de hoje naquele outro dia

2017