O princípio do fim



Imperdoável é acreditar quando afinal todas as palavras não passam de résteas de sentido, de pedaços de ser perdidos, vagos, desorientados, indecisos, incertos...
É pensar que a vida devolve o que semeamos, mesmo que para bem, mas grande parte das vezes a colheita não tem fruto.

Comentários

  1. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  3. Este comentário foi removido por um gestor do blogue.

    ResponderEliminar
  4. Nunca pensei que alguma vez pudesse voltar a ver o Banalidades. Hoje voltei a tentar, como fiz tantas vezes, tentar silenciosamente tentar saber de ti e ali estava.
    Dói como doeu sempre pensar, sentir no escuro, no silencio.
    Sou alguém que conseguiu tudo, pensava eu, triste e pobre pensamento, porque de nada vale ter tudo... quando o eco que vem de dentro nos abafa o coração

    ResponderEliminar

Enviar um comentário