O princípio do fim



Imperdoável é acreditar quando afinal todas as palavras não passam de résteas de sentido, de pedaços de ser perdidos, vagos, desorientados, indecisos, incertos...
É pensar que a vida devolve o que semeamos, mesmo que para bem, mas grande parte das vezes a colheita não tem fruto.

Mensagens populares deste blogue

Do mar de Santa Cruz, com Berlim no pensamento

O senhor Rui

O dia de hoje naquele outro dia