De Lisboa... ou de coisas que eu não fazia e agora faço

Perder tempo no trânsito.
Dar moeda aos arrumadores.
Estacionar o carro em zonas proibidas. (Eu não estaciono, eu deixo ao "calhas").
Ligar o GPS do telemóvel (às vezes nem isso resulta).
Comer em centros comerciais (e come-se muito mal).
Interessar-me pelo nome das ruas, pelos bairros...

Comentários