O melhor

E ontem, a par do reconhecimento da mestria, do trabalho, do esforço, do talento, da inspiração, um homem chorou. Sim, os vencedores quase sempre choram.
Eu continuo a querer as minhas sobrancelhas tão perfeitas como as dele.

Mensagens populares deste blogue

Do mar de Santa Cruz, com Berlim no pensamento

O senhor Rui

O dia de hoje naquele outro dia