Voglio dirti

Saudade do que fui e não fui. Do que vivi e não vivi. Sonho. Memória. Às vezes penso que invenção. Medo. Solidão. Perguntas que a vida responde. Inquietação. O rio, o mar, os lugares. Desilusão. Eu, nesse universo que girou e girou e tudo levou. Silêncio, aqui. Onde me escuto, onde nada persiste e te vejo ao fundo. Uma sombra, um gigante que sempre vem em cada abraço, em cada beijo dos namodados, em cada dois de nós que já não somos. Realidade. E a cada passo, mudança, vais sempre. Viagem. Um dia, dois, sempre!

Comentários