Nada contra

Os meus amigos que divulgam, partilham, celebram e se identificam com pensamentos bonitos, frases, reflexões e ensinamentos de bloggers com vidas lindas e maravilhosas, casamentos fantásticos, vidas profissionais preenchidas com aquilo que apenas gostam de fazer, cozinheiro(a)s extremoso(a)s, vidas riquíssimas de sentimentos e pureza de espírito, de paz e amor.
Não tenho nada contra eles. É contra quem apregoa mas na hora de praticar falham os chavões e perdem-se os filósofos desta vida.
Hoje deu-me para isto. Resmunguice.
Principalmente porque numa limpeza da caixa de correio descobri os emails que, tonta, enviei na esperança de resposta, na sequência de um workshop de "auto-ajuda" que me foi oferecido. E dessa experiência de ter conhecido alguém tão-incrivelmente-sem-palavras que percebi que é tudo "muita parra e pouca uva". Respondeu aos emails? Nunca. Devolveu dinheiro das sessões em que nunca participei? Nunca.
Mas... Nada contra. 
Cá estamos às 12:15 neste blog.

Comentários

Enviar um comentário