#02/08/2015, Depois da morte

A pizzeria tem um ambiente acolhedor.
O candeeiro está perfeito e a mesa junto à janela.
Eu escrevo enquanto sinto os músculos a latejar depois de um dia a andar sobre a morte. Sim, sobre a morte de mais de um milhão de pessoas.
Auschwitz é esmagador! O nó na garganta começa quando nos apercebemos da dimensão das estruturas e do detalhe preparado para a exterminação.
E ao mesmo tempo que vemos imagens imortalizadas fotograficamente, não tão distantes no tempo quanto isso, estamos ali, naquele lugar tão real que assusta, mói, faz questionar, compressa tudo o de positivo que guardamos da humanidade.


Comentários