Os duendes

Toda a gente sabe que eu quando conduzo e ando à procura de um sítio não vejo sinalização, seja ela vertical, horizontal ou de qualquer maneira.
Toda a gente sabe que quando ando com um mapa na mão e a olhar para o céu e para o nome das ruas não vejo pessoas, objectos nem, no pior dos casos, cocó de cão.
Toda a gente sabe que em Wroclaw há estatuetas de uma espécie de duendes. Há mais de 150 espalhados pela cidade e, muitos deles, pequenos demais para eu os ver.
Enquanto uns se baixam para fotografar, passam a mão polindo o bronze outros tropeçam e quase caem.
Aposto que descobri o maior número deles que todas as outras pessoas. É que lesionar dois pés não daria muito jeito!




Comentários