Das vozes sem eco

O que nunca te direi porque apenas o meu olhar pode falar no meio de todos os impossíveis.
Não é lamento, é uma voz sem eco quando disparo em sorriso, nervoso e interrogação.
Atira!
O sorriso, o olhar no meio da confusão e eu penso o quanto demoraria os meus olhos nos teus. Por nada, por um minuto teu.


Comentários