Nos regressos

Acontece quando volto aos sítios depois de muito tempo. Aquela ansiedade de ver e rever tudo, como se não fosse acordar amanhã.
Acontece nos sítios onde vivi, onde conheço mais sobre os lugares. Foi assim hoje.
Sintra, Galamares, Colares, Mucifal, Praia Grande, Praia das Maças. A Várzea. Toda aquela rendição à Serra, com o Castelo mais visível do que nunca.
E ia no IC19 a pensar que parecem que existem mais prédios, mais casas, a Serra está mais despida mas não há sensação que valha aquela que sinto quando desço até Colares, para ir até à Praia Grande ou Praia das Maças. Já o fiz de carro, bicicleta e até a pé. E em nenhum outro sítio tenho essa sensação de que estou num lugar saído de um livro, com a certeza que aquele é um lugar que desemboca na praia. Não sei se é do verde com as cúpulas dos palacetes, do pinhal com as casas de veraneio, do pequeno eléctrico. Mas há lugares que pedem sempre mais regressos.





Comentários